Arquivo | Música RSS feed for this section

Uma mistura inusitada

9 out

Quando vi essa música pensei logo no Tipo de Garota e achei que vocês iam AMAR!

Alguma vez na vida pensaram em ter em uma música só Jennifer Lopes, Will.I.Am e  Mick Jagger? pois é, nem eu. Mas nessa sexta-feira (7) foi lançada a música Hard. A música que ainda não foi lançada oficialmente promete  virar sucesso e não sair de nossas cabeças. Confiram:

E aí, o que acharam?

Por: Hanna Amorim

 

Penúltimo dia do Rock In Rio

2 out

Para abrir o palco mundo veio Frejat, do barão vermelho, cantou grandes sucessos da música brasileira como “malandragem”, ” Amor pra recomeçar”, “por você”  . O público já mostrava grande empolgação, cantando junto e pulando. O cantor de quase 3 décadas de carreira relembrou sucessos de sua carreira solo, cantou legião Urbana, Caetano Veloso…

Aí foi a vez do Skank que pela primeira vez em um Rock in Rio no Brasil soube muito bem como comandar o público de 100 mil pessoas, cantou sucessos como ” É uma partida de futebol”, “mil acasos”, fez uma homenagem a Erasmo Carlos com a música “É proibido fumar”, mais o melhor momento do show foi quando Samuel Rosa mandou quem quisesse tirar a camisa ou pegar a bandeira e começar a rodar, foi demais.

Maná deu uma acalmada nos ânimos de quem tava em casa, porque quem estava lá não parou um segundo, a maioria do público só sabia cantar “Labios Compartidos” e a banda não fez um show dos melhores, perto dos shows da noite passou despercebido.

E então veio Marron 5, que graças ao Jay-Z pôde se apresentar no Rock In Rio e fez um dos melhores shows do Rock In Rio. O show começou um pouco devagar, mas logo animou nas músicas “Sunday Morning”, “Misery” e “Makes Me Wonder”. E claro não podemos deixar de falar do Adam, ele com sua Jaqueta de couro foi o assunto mais comentado no Twitter durante o show.

E para finalizar, como eu digo em todos os posts, “o melhor sempre fica para o fim”, COLDPLAY. Talvez o motivo de muitos terem ido pois na primeira fileira da platéia só tinham pessoas com camisetas do coldplay. E eles não deixaram a desejar, cantaram as melhores músicas do repertório “Viva la vida” é sempre destaque em todas as apresentações da banda. Também tocaram “Yellow”, “Fix You”, “The scientist” entre muitas outras.

Mas a platéia foi que deu o melhor show de ontem, em todos os dias desse Rock in Rio eles nunca estiveram tão animados, cantaram, pularam, tiraram a camisa e foram gravados pela câmera 3D do Samuel Rosa kk (Quem assistiu sabe porque estou falando isso).

E agora é só aguardar pelo ultimo dia do festival que é hoje! Estamos  muito ansiosas.

Por: Hanna Amorim

E ontem no Rock in Rio…

1 out

Ontem foi o dia das misturas de ritmos teve hip-hop, samba, pop rock, pop, axé e Rock!

Quem abriu o palco mundo foi Marcelo D2, com samba e hip-hop, cantou grandes sucessos de sua carreira como “A procura da batida perfeita” e “Qual é?”. Apesar do show ter sido ao mesmo momento do show do espanhol Macaco no palco sunset, ele conseguiu ganhar o público que cantou junto e pulou muito.

Depois entrou no palco o pop rock do Jota Quest, que fez a galera cantar junto com seu estilo romântico, foi um show onde eles fizeram uma “revisada” em toda sua trajetória com as músicas “Na moral”, “Do seu jeito” e “É preciso falar” e muitas outras depois de um tempinho de show  a galera pediu pra que eles cantassem a música “só hoje”, que é um dos maiores sucessos da banda, ele cantou, e TODO MUNDO acompanhou. Foi um show leve e muito bom!

Sempre linda Ivete Sangalo foi a terceira a se apresentar, sim, mais uma cantora de Axé no Rock in Rio, foi um bom show, fez o público pular muuito, cantou grandes sucessos como “Sorte grande”, “Alô, Paixão”, “Arerê” e etc. Pegou seu violão e cantou “more than words”, em vista as reclamações que o público avia feito pela presença de Claudia Leitte e Ivete Sangalo no Rock in Rio esperava-se uma pior aceitação do público mas nem uma nem a outra teve uma má recepção!

Aí foi a vez do único roqueiro da noite, Lenny Kravitz, ele não estava muito preocupado com agradar o público com sua simpatia, e sim com suas músicas, fez um show e tanto, só de sucessos como “It Ain’t Over ‘Til It’s Over” animou muito o público, todo mundo cantou junto com “Fly Away” e “American Woman”,os sucessos mais conhecidos pelos brasileiros. Descendo do palco, andando em meio a platéia, pegou uma bandeira do Brasil e ganhou o público.

E sempre o melhor fica para o fim, o show mais esperado da noite era Shakira, e sim foi DEMAIS! A colombiana entrou no palco cantando  “Estoy aqui”, com seu famoso rebolado e sua simpatia ela conquistou o público, cantou também sucessos de “Loca” e “Gypsy”.
Quando foi cantar “Whenever” chamou ao palco 5 meninas da platéia ensinou coreografia e dançaram todas juntas, imagina só, que sortudas! Um fã invadiu o palco e abraçou a cantora que apenas sorriu, mas logo ele foi tirado do palco pelos seguranças. No finalzinho de sua apresentação Shakira cantou “País tropical” ao lado de Ivete Sangalo, o público adorou ouvir a colombiana cantando e português, depois ainda cantou dois sucessos  “Hips Don’t Lie” e “Waka Waka”.
Shakira deu uma bela aula  de como Dançar muito bem, ter presença de palco, cantar excelentissimamente bem e ainda ser simpática. Um show com mistura de qualidade e espetáculo, foi muito bom!  Muitas cantoras poderiam aprender com ela né?

Por: Hanna Amorim

O 4° dia do rock in rio

1 out

Apesar de ser o ultimo dia a ser planejado no rock in rio, pois esse 4º dia foi um dia extra de apresentações, eles mandaram muito bem.

Vemos o palco sunset como a segunda opção, como apenas um extra e damos toda a importância ao palco mundo, mas na noite de ontem não foi bem assim, as atenções se voltaram principalmente para o show da inglesa Joss Stone, que foi ótimo, além de linda ela canta suuuper bem e contagiou a galera!

Na abertura do palco mundo veio a Orquestra Sinfônica brasileira dando início a grande e linda homenagem a banda Legião Urbana, foi tuuuudo, depois entraram Bonfá e Dado, integrantes do Legião Urbana, e também os cantores Rogério Flausino, que tentou uma imitação bem desajeitada de Renato Russo, mas o que valeu foi a homenagem né?! Também Ptty, Dinho Ouro Preto, Tony Platão e  Hebert Vianna. Também colocaram no telão depoimentos do Renato Russo, e o público  em uma só voz emocionou os cantores no palco.

Depois foi a vez de Jamile Monáe , que abria os shows de Amy Winehouse, era um tanto desconhecida por muitos de nós, mas conquistou o público rapidinho com o seu ritmo soul, fez cover de Prince Jackson 5. Janele é uma das mulheres mais bem vestidas do mundo, segundo a revista “Vinity Fair”.                

                                                                                                                                                               

   Aí entrou no palco mundo a cantora Ke$ha, foi grande a expectativa para esse show, ela até que tentou remeter a atitudes que encantaram o público em outras edições do festival como quebrar guitarra e mexer com sangue no palco, mas não agradou, sua voz não é das melhores e ainda usou playback em algumas músicas deixando o público ainda mais descontente, não foi dessa vez Ke$ha!

Depois veio a banda inglesa Jamiroquai volta ao Brasil pela quinta vez e menos de um ano depois da sua última apresentação,dessa vez esteve presente no show músicas antigas como “Virtual insanity”, “When you gonna learn”, “Alright”, “Cosmic girl”e “Canned heat”, mas também com canções mais novas.

Sem dúvida nenhuma o cantor mais esperado foi  Stevie Wonder, que não deixou a desejar, cantou seus hits de grande sucesso e fez uma homenagem ao Brasil cantando “Garota de Ipanema”, para mim foi a melhor apresentação da noite.

E é isso galera, hoje vamos ver cantores como Marcelo D2, Jota Quest, Ivete Sangalo, Lenny Kravits e Shakira.

Por: Hanna Amorim e Lu Oliveira

Legião Urbana no Rock In Rio

29 set

E hoje volta o nosso tão amado Rock in Rio *-* até que enfim, semana difícil de passar sem a música boa de todo dia!

Já ta rolando shows no palco Sunset, mas o que eu mais estou esperando é o show de cantores como: Dinho Ouro Preto, Herbert Vianna, Toni Platão, Rogério Flausino, Pitty e ainda Dado Villa-Lobos e Marcelo Bonfá, guitarrista e baterista originais do Legião, se apresentam hoje ao lado da Orquestra Sinfônica Brasileira que vão apresentar grandes sucessos da banda legião urbana, cujo vocalista era Renato Russo,um dos maiores compositores brasileiros, que morreu a 15 anos. Quem gosta de Capital Inicial vai amar, as músicas são no mesmo estilo, e a banda Capital Inicial ainda regrava e canta em shows grandes sucessos deles, como fez no show do Rock in Rio cantando “Que país é esse?” e “Fátima”.

Pra quem como eu que é fan mas não pode ver nem um show da banda, pois só tenho 16 aninhos, é uma oportunidade e tanto, mesmo não sendo com Renato. Mas com ótimos cantores, e sem dúvidas vai ser maravilhoso o show.

Ainda vamos poder curtir hoje no palco mundo: Janelle Monáe, Ke$ha, Jamiroquai e Stevie Wonder. Vai ser demais, vamos acompanhar tudinho *–*.

Por: Hanna Amorim

Ela não deixou barato!

28 set

Claudia Leitte que se apresentou no Rock In Rio Sexta-feira(28), recebeu criticas pesadíssimas sobre sua apresentação, inclusive do nosso blog que falou que ela não tinha a ver com o estilo do festival, e continuo achando, mas nunca fui a favor do desrespeito com nenhum cantor, deixando isso bem claro.

A cantora respondeu em seu blog a altura das criticas que recebeu. Primeiro disse “O desrespeito é mais fácil de ser tolerado porque é uma atitude Rock and Roll? Não seria isso alienação? Liberdade é respeitar. Liberdade é conviver com as diferenças. Liberdade é ter opinião própria. Tudo o que representa o oposto disso não cheira bem”  e completou “Não gostar de axé é normal! Anormal é achar-se superior porque conhece John Coltrane ou porque adora o Metallica”.

Ainda alfinetou a cantora Rihanna, mesmo sem citar nomes deu pra entender a indireta, “Artistas internacionais vêm pra cá, mostram a bunda, atrasam-se por duas horas porque estão dando uma festinha no camarim, não conseguem conciliar a respiração com o canto, não preparam espetáculos para o nosso povo, desafinam, enfim, pouco se importam conosco, querem beijar na boca, ir à praia e tomar nossa cachaça, e nós, que pagamos caro para assistir aos seus ‘espetáculos’ em nossa terra, aplaudimos a tudo isso” disse ela.

Até eu que como já disse, era contra ela se apresentar no Rock In Rio (mesmo gostando muito dela) , tive que admitir que ela mandou muito bem em tudo o que disse! É preciso conviver com as diferenças e não é um estilo de música que você ouve que o torna inferior ou superior a ninguém! Tenho que concordar plenamente com o que ela disse sobre a cantora Rihanna, infelizmente aplaudimos os cantores internacionais, só por serem internacionais, muitas vezes sendo MUITO piores que os nacionais e nos desrespeitando como fez Rihanna nesse Rock In Rio e mesmo assim não deixando de ser MUITO aplaudida e elogiada!

Até Rita Lee deu ser parecer sobre isso “Meter o cacete no conforto do anonimato é fácil. Apresentar-se em ninho estranho não é para maricas” , e nisso ela realmente tem razão!

É isso aí galera, mesmo não gostando respeitar é necessário!

Por: Hanna Amorim

Puro metal

26 set

O terceiro dia do festival foi totalmente voltada para o heavy metal.

O Palco sunset da tarde de domingo agradou bastante a plateia metaleira, que cantou junto com bandas como Sepultura e Angra do início ao fim.

A abetura do palco mundo que não foi tão boa assim para os brasileiros da banda Glória, que fizeram de tudo para agradar o público, só conseguiram o silêncio da plateia quando fizeram um cover do Pantera com as música  “Domination” e “Walk”, mas fora essas duas músicas a banda foi vaiada em todas suas tentativas de melhorar a situação.

A banda  Coheed and Cambria começou no mesmo ritmo de Glória, não agradou muito o público, mas também não foi vaiado, foi a mesma reação do show do Elton John, sentar na grama e aguardar por algo que anime, a banda só conseguiu levantar o público mais para o fim do show quando tocou “The Trooper” uma música do Iron Maiden , e o grupo encerrou o show com a música de seu repertório “Welcome Home”, deixando o cenário perfeito para a próxima banda, público bem animado.

Então veio o grupo Motörhead, sua presença já animou ainda mais o pessoal, animou mais ainda a torcida do Atlético mineiro pois o vocalista vestia uma camisa do time. Cantaram vários clássicos  entre eles “Iron Fist”, e ganhou o público com uma homenagem que fez ao nosso país com a música “Going To Brazil”. Também tevfe a participação especial do guitarrista do Sepultura na música  “Overkill”. E Lemmy Kilmister, o vocalista, encerrou o show em grande estilo metralhando o público com seu baixo.

Depois veio a banda com talvez a maior  presença de palco da noite, Slikpnot, os tão comentados mascarados. O vocalista  Corey Taylor, que também é vocalista do Stone Sour que também se apresentou sábado, soube direitinho como comandar o público, conseguiu deixar a plateia inteirinha centada no gramado ao seu comando, teve baterista de ponta cabeça e o guitarrista que se jogou na galera pulando de uma altura de 4 metros. Não faltou criatividade a este grupo, foi um verdadeiro filme de terror ao vivo!


E a programação do rock in rio deixou para o final a banda com maior expectativa: METALLICA . Com 1h40 de show eles apresentaram grandes sucessos como “”The Ecstasy of Gold”, “Creeping Death” e “Sad But True”. Mas a música que com certeza ficará marcada para os fans será “Enter Sandman” a música foi cantada pela multidão. E a banda encerrou com “Seek and Destroy”.

E assim foi a noite mais pesada do Rock in Rio, gostaram?
Vamos aguardar ansiosamente  por quinta-feira, quase uma semana sem Rock In Rio vai me deixar louca mas o jeito é esperar.
E aí o que acharam dessa primeira semana?

Por: Hanna Amorim